Encanador industrial

Encanador(es) e Instalador(es) de Tubulações
 
Ocupações :
Assentador de canalização (edificações); Encanador; Instalador de tubulações; Instalador de tubulações (aeronaves); Instalador de tubulações (embarcações); Instalador de tubulações de gás combustível (produção e distribuição); Instalador de tubulações de vapor (produção e distribuição)
 
O que faz(em) o(s) Encanador(es) e Instalador(es) de Tubulações:
Trabalham em atividades ligadas às indústrias de construção civil, eletricidade, gás e água quente, de captação, purificação e distribuição de água e de transporte aéreo e aquaviário. Essas atividades correspondem à operacionalização de projetos de instalação de tubulações. Para tanto, estudam projetos, dimensionando e especificando materiais. Por meio de instrumentos de medição, tais como régua e nível, marcam a posição de tubulações. Abrem superfícies e estruturas e fixam suportes para acomodação de tubulações. Para instalar tubulações, cortam, dobrando, montam, ajustam e vedam tubos e conexões. Para instalar válvulas, ralos, registros, torneiras e aparelhos sanitários, utilizam ferramentas manuais. Também realizam testes de pressão enchendo a tubulação com água ou ar para localizar vazamentos. Além disso, os encanadores e instaladores de tubulações reparam e mantêm instalações emendando tubos, desobstruindo ralos, substituindo tubos, registros, torneiras ou aparelhos sanitários.
 
Do que preciso para ser Encanador(es) e Instalador(es) de Tubulações:
Para atuar nessa profissão, é necessário, em média, ter cursado da quarta à sétima série do ensino fundamental; porém, para os instaladores de tubulação de aeronaves a exigência é um pouco maior, ou seja, é necessário concluir o ensino médio. Além disso, é recomendável fazer cursos básicos profissionalizantes que podem variar de 200 a 400 horas-aula. O período para desempenhar o pleno exercício das atividades varia de acordo com a ocupação: menos de um ano de experiência profissional para os encanadores, assentadores de canalização e instaladores de tubulações; de três a quatros anos para os instaladores de tubulações de embarcação, gás combustível e de vapor; e mais de cinco anos para os instaladores de tubulações de aeronaves.

Transcrito do site da ITECCF COM NOVAS TURMAS A SEREM INICIADAS E CONTEUDO DO CURSO. Obtenha sua Abraman de tubulações industriais.

CURSO - Tubulações Industriais - ABRAMAN

   


Resumo

 

TUBULAÇÕES INDUSTRIAIS

Curso de Qualificação

Preparação para certificação ABRAMAN

Inicio: 22 de junho de 2010

 

A quem se destina

A todos os técnicos, engenheiros e outros profissionais envolvidos em Tubulações Industriais, com aplicação específica no segmento de Óleo & Gás,  mas aplicaveis a todos os segmentos industriais, que desejem se capacitar e/ou se aprimorar para atuação na implementação e manutenção de empreendimentos neste setor, ou que necessitem se preparar para obtenção do Certificado ABRAMANNeste curso o aluno tomará conhecimento dos mais diversos tópicos referentes à Tubulações Industriais tais como tabelas, ferramentas para cálculos, metrologia aplicada, informações básicas de metalurgia, os diversos tratamentos térmicos, soldas, válvulas e flanges, acessórios, códigos e simbologias, além dos métodos de traçagem.

 

INVESTIMENTO 

Matricula: R$ 50,00 
 Mensalidades: R$ 250,00

A taxa dará direito a: material didático e certificado.

INSCRIÇÕES

 

Inscreva-se na Secretaria do ITEC ou através do site: www.iteccf.com.br

Informações

Tel.: (21) 2524-1079/(21) 2292-9625

e-mail: apaulla@iteccf.com.br

INFORMAÇÕES GERAIS

Início: 22 de junho de 2010

 

Horário:
 Das 18h00 às 20h00, terças e quintas-feiras  

Local:
ITEC – Instituto Tecnológico Coopfurnas /Av Graça Aranha 81, Conjunto 401/Centro – Rio de Janeiro

 

 


 

 


Caso seja de conveniência de sua Empresa a realização do Curso in company consulte-nos nos telefones e/ou endereço eletrônico abaixo:

Tel.: (21) 2524-1079/(21) 2292-9625

e-mail: apaulla@iteccf.com.br

.

                                                  CURSOS IN COMPANY  



Conteúdo Programático

 

 

MODULO 1

Revisão de Matemática e Física

Proporções

Regra de três

Geometria

Cálculo de perímetro, área, volume e peso

Noções de trigonometria

Resolução de Triângulos

Conceitos de Força, Massa Específica, Pressão, Temperatura

Metrologia e Instrumentos de medição

Básico de Metrologia

                  Nono

                  Escalas

                  Precisão de Instrumentos

                  Erros de leitura

Trenas

Esquadros

Paquímetros

Micrômetros

Equipamentos Ópticos  

           

MODULO 2

2.1 Introdução à Metalurgia

Metalurgia

Estrutura cristalina

Nomenclatura dos aços

Particularidades dos aços Carbonos

As propriedades do aço Carbono

Classificação dos aços Carbono

Aços de baixo Carbono

Aços de médio Carbono

Aços para baixa temperatura

Particularidade dos aços de Baixa e Média liga

Aços Inoxidáveis

Metais não ferrosos

Cobre

Latão

Bronze

Alumínio e suas ligas

 

            2.2 Tratamento Térmico dos Aços

Têmpera

Revenido

Recozimento

            Cementação 

 

MODULO 3

3.1 Noções de soldagem

Simbologia da solda

Simbologia Suplementar

Exemplos de utilização dos Símbolos da solda

Processo de soldagem

Soldagem por arco elétrico

Eletrodos revestidos

Revestimento oxidante

Revestimento ácido

Revestimento Rutílico

Revestimento Básico

Revestimento Celulósico

Identificação de Eletrodos

Aspectos térmicos da soldagem

Repartição térmica

Corte por oxicombustível

 

MODULO 4

4.1 Tecnologia da Tubulação

Tubulação

Processo de fabricação de tubos

Laminação

Tubos soldados

Tubos

Quanto ao emprego

Quanto ao fluido conduzido

Fases do Processo de Fabricação

Inspeção de uma forma geral

Ensaio por ultra-som

Teste hidrostático

Código de cores

Materiais Utilizados na Fabricação de Tubos 

  

MODULO 5

       5.1 Válvulas

Características das válvulas

Classificação das válvulas

Válvulas de bloqueio

Válvulas de Regulagem

Válvulas que permitem o fluxo em um só sentido

Válvulas que controlam a pressão de Montante

Válvulas que controlam a pressão de Jusante

Válvula Gaveta

Variantes de válvulas de gaveta

Válvulas macho

Variantes de válvulas macho

Válvulas globo

Variantes de válvulas globo

Válvulas de retenção

Variantes de válvulas de Retenção

Válvulas de Segurança e de Alívio

Válvulas de Controle

Outros tipos importantes de válvulas 

5.2 Flanges

Normas

Materiais utilizados para fabricação de flanges

Tensões Admissíveis

Desenhos típicos de flanges e acessórios

5.3 Acessórios de Tubulação

Conexões (Flanges, Reduções, Curvas, Joelhos, etc..)

Acoplamentos roscados

5.4 Elementos de Fixação 

 

MODULO 6

                        6.1 Simbologia

                        6.2 Representação de Linhas

                        6.3 Desenhos Isométricos

                        6.4 Convenções em Tubulações

                        6.5 Convenções de Fluxograma

 

MODULO 7

            7.1 Traçagem

Divisão de um segmento em 2 partes

Divisão de um segmento em 5 partes

Determinação da Bissetriz de um ângulo

Construção de um hexágono regular

Construção de um pentágono regular

Interseção Cilíndrica

Curvas Gomadas

Tronco de cone

© 2010 Todos os direitos reservados.

Site profissional Webnode