Tudo sobre o 5S

O Programa "5 S" surgiu no Japão, no final da década de 60, quando notou-se que as fábricas japonesas eram muito sujas e desorganizadas. A administração e os operários das mesmas, conviviam com essa realidade, sem perceber. A implantação do programa contribuiu para a recuperação das empresas, através da mudança de hábitos e da prática diária de bons costumes.

A denominação 5S é devida às cinco atividades iniciadas pela letra “S”, quando nomeadas em japonês. São elas: SEIRI, SEITON, SEISO, SEIKETSU e SHITSUKE.

Não há uma convergência de informações sobre a real origem do 5S. Alguns autores citam que foi criado pelo saudoso Dr. Kaoru Ishikawa, Engenheiro Químico japonês e principal pregador dos conceitos de qualidade total naquele país. Esta referência deve-se ao fato ter sido o Professor Ishikawa o responsável pela criação do CCQ - Círculo de Controle da Qualidade, cujo princípio era popularizar os conceitos de estatística aplicada à qualidade, através de grupos de trabalhos compostos por funcionários de níveis operacionais. Porém, não existe nenhuma citação nos seus próprios livros sobre esta suposta referência.

O que se sabe é que o 5S foi criado com o objetivo de possibilitar um ambiente de trabalho adequado para uma maior produtividade. Isto ocorreu no início da década de 50, momento em que o Japão tentava se reerguer da derrota sofrida na Segunda Grande Guerra e as indústrias japonesas necessitavam colocar no mercado, produtos com preço e qualidade capazes de competir na Europa e Estados Unidos.

Após se transformar numa grande potência econômica, o Japão passou a ser foco de pesquisas por organizações de outros países, desejando conhecer as ferramentas gerenciais utilizadas para justificar os seus grandes ganhos de produtividade (Qualidade Total, Sistema de Produção Just-In-Time – JIT; Manutenção Produtiva Total – TPM; Círculos de Controle de Qualidade – CCQ; o princípio de melhoria contínua – KAIZEN). Porém, todas as organizações japonesas são unânimes em afirmar que o 5S é a base física e comportamental para o sucesso destas ferramentas gerenciais. Desta forma, o 5S passou a ser adotado por várias organizações do mundo, como um pré-requisito dos seus modelos de gestão.

Seiri (senso de utilização)
Seiton (senso de organização)
Seisou (senso de zelo)
Seiketsu (senso de higiene)
Shitsuke (senso de disciplina)


Seiri (Senso de Utilização)

Separe o útil do inútil.

Jogue fora tudo o que você não precisa.

Elimene jornais ou revistas velhas.

Análise seus arquivos e gavetas.

Saíba ser seletivo.
------------------------------------

Seiton (Senso de Organização)

Separe ítens por categorias.

Organize suas ferramentas de trabalho.

separe documentos pessoais e profissionais.

Aplicando o SEITON você economiza tempo.
------------------------------------

Seisou (senso de zelo)

Crie um ambiente físico agradável.

Conserve seu local de trabalho.

Tente manter o ambiente ideal para todos.

Modifique sua sala, mude as mesas.
------------------------------------

Seiketsu (senso de higiene)

Os funcionários devem ter um bom Repouso.

Local adequado para o almoço.

Exercícios físicos ou ginástica Laboral.

Cultivar a fé do funcionário.

Proporcionar bem estar espiritual.
------------------------------------

Shitsuke (senso de disciplina)

Simples e Fundamental.

Saiba manter e controlar as conquistas alcançadas.


Devido ao grande sucesso alcançado pelo Japão outros países começaram a disseminar sua prática. O Fato é que muitos que o fizeram não tomaram o cuidado de atentar para o real objetivo que estes conceitos tinham que transmitir e algumas implantações não deram certo ou não foram levadas a sério. No Brasil a pratica do programa 5S se iniciou por volta de 1991.

O Nome 5S é devido a sua denominação no Japão que se início todos os conceitos com a palavra “S”. Como a tradução do japonês para a nossa língua foi inserindo antes das traduções a palavra “Senso” para não perder sua originalidade.

Compare na tabela 01 a denominação inicial com as traduções para o Inglês e para a nossa Língua materna:

“S” Denominação Inicial em JAPONÊS Tradução em INGLÊS Tradução para Português
1º Seiri Sorting   =  Senso de Utilização = Arrumação, Organização, Seleção
2º Seiton Systematyzng = Senso de Ordenação = Sistematização, Classificação
3º Seisou Sweeping = Senso de Limpeza =  Zelo
4º Seiketsu Sanitizing = Senso de Asseio = Higiene, Saúde, Integridade
5º Shitsuke Self - Disciplining = Senso de Autodisciplina = Educação, Compromisso

 

CONCLUSÕES

Por falta de conhecimento, vários entendem que o programa 5S é somente uma forma de organizar, limpar um escritório ou um setor da fábrica. Existe várias empresas que acredita que implantou o programa 5S e ainda explicam que elas descartam seus utensílios, organizam seus objetos e ferramentas, limpa o chão e pinta as paredes e fachadas. “Pronto, implantamos o 5S!” – Dizem seus Gerentes e Diretores.

O programa 5S é muito mais do que isto, trata-se de uma mudança de cultura dentro da organização, iniciando no presidente e finalizando no menor cargo dentro da hierarquia. Quando ele é implantado da forma correta é impressionante ver todos os funcionários combatendo o desperdício de tempo e de recursos em geral.

Os funcionários têm o prazer de cuidar do patrimônio da empresa, do espaço de trabalho e lutam para deixar mais agradável o ambiente. Diminui o risco de acidente, melhora a produtividade e a Qualidade dos produtos e dos processos.

Importante lembrar que o 5S não é a solução de todos os problemas mais é o primeiro passo para a Qualidade de qualquer outro programa que se queira implantar. 

 

Então é isso utilize os 5S no trabalho e em casa, saiba que o mesmo vem sendo adotado a muitos anos pelas empresas, pelo beneficio que a mesma traz.Então pense nisto de forma seria, pois imagine-se na situação de uma agulha no palheiro, se você guardar a agulha em local onde saiba , pronto, não haverá estresse.

Obrigado
Até a proxima

Visite-nos no Facebook https://www.facebook.com/pages/Os-Executantes/313188495510000?ref=hl

Crie um site grátisWebnode